Acessibilidade

Dia Mundial de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas terá programação no Largo de São Sebastião

Evento contará com apresentações culturais, exibição de filmes em óculos de realidade virtual e iluminação temática em prédios públicos

 

 

Em alusão ao Dia Mundial de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, 30 de julho, o Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), realizará na próxima terça-feira (30/07), a partir das 16h, a abertura da Semana de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, no Largo de São Sebastião, Centro.

 

A programação conta com o apoio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), do Comitê Intersetorial de Prevenção e Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas e Atenção aos Refugiados e Migrantes do Amazonas, Secretaria de Estado de Educação do Amazonas (Seduc-AM), Organização Internacional para Migrantes (OIM), Secretaria Municipal de Educação (Semed) e Rede “Um Grito pela Vida”.

 

De acordo com a titular da Sejusc, Caroline Braz, a proposta da semana de ações é alertar a população sobre as formas de tráfico que humano, com o intuito de prevenir futuros casos.

 

“A educação ainda é a melhor forma de prevenir que o crime aconteça”, frisa a titular da pasta. “Por isso, ao longo da semana, realizaremos palestras em escolas, nos abrigos para venezuelanos da capital e pontos de saída como aeroporto e rodoviária”.

 

Programação – A partir das 16h, inicia a abertura oficial, realizada por representantes de órgãos ligados à campanha. Em seguida, alunos de formação teatral do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro apresentarão a peça “Roubando sonhos, destruindo vidas”, com texto elaborado pelo artista Elias Monteiro, em que os alunos interpretam a situação de pessoas que são vítimas do crime.

 

O evento contará também com a apresentação da Escola Informal Abadá Capoeira, às 18h, e com uma exposição de produtos confeccionados por mulheres venezuelanas cadastradas na Pastoral do Migrante, do Serviço Jesuíta a Migrantes e Refugiados.

 

Quem participar do evento também poderá assistir a relatos de vítimas de tráfico humano, em óculos de realidade virtual que exibirão curtas-metragens.

 

Iluminação temática – Prédios públicos da capital também contarão com iluminação simultânea em alusão a data. Entre eles, os prédios da Sejusc, Câmara Municipal de Manaus, Assembleia Legislativa do Amazonas, Ordem dos Advogados do Amazonas, Tribunal de Justiça do Amazonas, Defensoria Pública do Estado e da União e Ministério Público Federal na cor azul, símbolo da campanha.

 

Na segunda-feira (29/07), às 19h, a OAB fará uma solenidade de adesão a Campanha. A cerimônia contará com ações simbólicas como a iluminação do prédio na cor azul, além da utilização de balões e “apitaço” como demonstração de solidariedade às vítimas de tráfico.

 

Atividades da Semana – A agenda começa na segunda-feira (29/07), com uma videoconferência com representantes de 61 municípios no Centro de Mídias da Secretaria de Estado de Educação do Amazonas (Seduc-AM). Na quarta-feira (31/07), acontecerão palestras em escolas estaduais e municipais do município enquanto na quinta-feira (1º/08) as palestras serão para imigrantes de abrigos dos bairros Alfredo Nascimento e Coroado.

 

Para encerrar, na próxima sexta-feira (02/08), as abordagens informativas serão no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes e Terminal Rodoviário Engenheiro Huascar Angelim (Rodoviária de Manaus).