Iniciativa ajuda no processo de redirecionamento social de adolescentes

 

 

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) em parceria com o Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam), inaugura, nesta sexta-feira (12), às 9h, a Padaria e Confeitaria Reviver, no Centro Socioeducativo Assistente Social Dagmar Feitosa, localizado na Rua Vivaldo Lima, 265, Alvorada.

 

Segundo a secretária da Sejusc, Caroline Braz, a iniciativa ajuda no processo de redirecionamento social dos internos. Ela explica que o projeto oferece o curso profissionalizante de panificação, numa parceria com o Cetam, como cumprimento de medida socioeducativa para os adolescentes.

 

“Temos seis internos por turma e a atividade acontece no contraturno da escola. Desta forma, promovemos a inclusão dos internos no mercado de trabalho”, afirma a titular da pasta. “A nossa proposta, com orientação do governador Wilson Lima, é trazer um sistema mais humanizado, que eduque e proporcione oportunidades”.

 

Transformação social – A Sejusc administra os cinco Centros Socioeducativos do Amazonas, que têm por finalidade promover o cumprimento da medida socioeducativa de internação, com a fiel observância ao Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e às diretrizes do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (SINASE) incumbindo a seus dirigentes e servidores zelar pela integridade física e mental dos adolescentes e adotar as medidas adequadas de educação, contenção e segurança.

 

O departamento garante os direitos sociais dos adolescentes e executa as medidas aplicadas pela autoridade judiciária, visando a inclusão social e a construção de alternativas que contribuam para a revisão de hábitos e valores morais.

 

Nos cinco centros administrados pela Sejusc, são oferecidas atividades como rodas de conversa, acompanhamento psicológico, atividades pedagógicas, oficinas terapêuticas e palestras.