Acessibilidade

Sejusc realiza abordagem social para preservar direitos do idoso

Entre serviços prestados estão orientação jurídica e entrega de cestas básicas

FOTO: Divulgação/Sejusc

A Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), por meio da Secretaria Executiva Adjunta de Direitos da Pessoa Idosa (Seadpi), realizou na quinta-feira (16/09), a entrega de cesta básica, cadastro e orientação jurídica e psicossocial para dar assistência ao idoso de 61 anos, que no dia anterior havia sido vítima de furto.

O caso repercutiu nas redes sociais porque os criminosos levaram a ferramenta de trabalho dele, uma roçadeira, além da bicicleta. Diante disso, equipes da Sejusc e da Delegacia Especializada de Crime Contra Idoso (Decci), da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), fizeram uma visita para orientar da melhor forma e prestar assistência à vítima.

A secretária titular da Sejusc, Mirtes Salles, ressaltou que a pasta tem um trabalho direcionado aos idosos em vulnerabilidade social, sempre com objetivo de melhorar a qualidade de vida deles e resgatar a autoestima.

“É nosso dever, como secretaria e como indivíduos, respeitar e proteger os idosos. Por isso, através da Seadpi, procuramos garantir os direitos dessas pessoas com ações voltadas ao bem-estar deles”, afirmou a gestora.

De acordo com a secretária executiva adjunta de Direitos da Pessoa Idosa (Seadpi), Luciana Viana, esse trabalho reforça o compromisso do Governo do Estado em proteger a integridade dos idosos.

“Foi uma ação muito importante para verificar a situação do idoso e incluí-lo em nossos projetos, a fim de preservar os direitos dele. Orientamos da melhor forma possível para que ele possa retornar às suas atividades”, disse.

Serviços – A Sejusc conta com o Centro Integrado de Proteção e Defesa da Pessoa Idosa (Cipdi) que busca promover os direitos da pessoa idosa. O Cipdi possui uma equipe de profissionais para realizar atendimentos psicossociais, registro de denúncias, orientações e encaminhamentos.

Além disso, promove atividades específicas desenvolvidas pelos assistentes sociais e psicólogos, como visitas domiciliares, mediações de conflitos, elaboração de relatórios sociais e relatórios psicológicos.

O atendimento do Cipdi é realizado de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h, na rua do Comércio, Parque 10 de Novembro, zona centro-sul de Manaus, ou pelo telefone (92) 98484-1746.